Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Natividade

Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto, e Maria deu à luz o seu filho primogénito. Envolveu-o em panos e deitou-o numa manjedoura, por não haver lugar para eles na hospedaria.

 

Naquela mesma região havia uns pastores no campo, vigiando à noite o rebanho. Um anjo do Senhor apresentou-se diante deles e a glória do Senhor envolveu-os em luz, ficando eles muito assustados. O anjo disse-lhes:

 

Anjo: "Não temais, pois anuncio-vos uma grande alegria: nasceu hoje, na cidade de David, um Salvador, que é Cristo Senhor. Este será o sinal: encontrareis o menino envolto em panos e deitado numa manjedoura”.

Assim que os anjos se foram para o céu, os pastores disseram uns aos outros:

Pastores: “Vamos até Belém, para ver o acontecimento que o Senhor nos deu a conhecer”.

Foram depressa e encontraram Maria, José e o menino deitado numa manjedoura.

 

Do Oriente chegaram os Magos, guiados por uma estrela que parou sobre o lugar onde estava o menino. Ao verem o menino com Maria, sua mãe, prostraram-se e renderam-lhe homenagem. Abriram depois os seus cofres e ofereceram-lhe presentes: ouro (porque o reconheciam como Rei), incenso (porque é Deus) e mirra (por estar sujeito à condição humana).

Férias na neve

Tudo pronto para uns dias passados na neve. Tudo indica que um bom nevão se aproxima e que as pistas em breve se vestirão de branco, para alegria dos amantes dos desportos de neve.

No carro já estão acondicionados os esquis e parece que ainda falta um trenó!

E para começar a viagem, que tal uma caneca de um bom chocolate quente?

 

ps: de regresso, após doença prolongada do pc!

 

Brrr que frio!!

Nem mesmo um dia frio de Novembro, impede pai e filha de partilharem um passeio de barco.
Agora, com o barco seguro, não vá uma maré furiosa levá-lo, o melhor é regressar a casa e passar o resto da tarde a beber chocolate quente e a comer scones quentinhos com manteiga!

Náufragos

Perdida na vastidão do mar do Sul, a Ilha é abençoada por um sol que estende os seus raios pelo areal dourado, meses a fio.

Perdidos na Ilha, encontram-se 2 ladrõezecos cuja tentativa de abordar um galeão espanhol que transportava no seu ventre muitos e muitos dobrões tão dourados como a areia da Ilha, não resultou tão bem como o esperado.

 

De castigo, foram aqui deixados pelo capitão espanhol, que ao invés de os lançar da prancha amarrados de pés e mãos, num acesso de criatividade, os abandou ali, condenados a uma dieta de peixe e água salobra.

 

Sim, mais uma vez, o almoço será peixe com algas!

 

É Natal!

Lá por casa é Natal logo desde o dia 1 de Dezembro, dia em que por tradição, se montam a árvore e o presépio e se decora a casa toda a casa.

Ouvem-se canções de Natal, todo o dia e todos sem excepção sorriem com o coração, desafinam os cânticos mais conhecidos e dão palpites na cozinha sobre a confecção dos primeiros doces.

 

A lareira está acesa desde manhã e misturam-se cheiros de lenha a arder, fritos e bolos e chocolate meio derretido que os mais pequenos não resistem a trincar, enquanto vão decorando a árvore.

 

Antecipam-se as expectativas para alguns presentes e brinca-se com as pantufas de lã que a tia Marcolina insiste em oferecer. 

O dia é passado em casa, numa antecipação da noite feliz que reunirá o resto da família!

 

 

Caminho de Santiago #3

Eis que vai mais uma companhia a caminho de Compostela!

 

Pesam-lhes nas pernas muitos quilómetros percorridos e nos braços a dor de muitas batalhas vencidas. Lutaram em Jerusalém, onde defenderam a terra santa de perigosos malfeitores. Regressam agora a casa, não sem antes ajoelharem perante o patrono que os protegeu em todas as contendas.

 

Esperam chegar a Compostela na noite de natal e celebrar a natividade do seu Deus e regressar então a casa, onde serão acolhidos por fmiliares e amigos em festa!