Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Oeste Selvagem

IMG_2473

As gravações da nova novela do horário nobre decorrem a bom ritmo. Trata-se de uma novela de época, cujo enredo à partida simples, se vai complicando à medida que os episódios vão decorrendo, fórmula que resulta sempre.

Hoje as gravações decorrem ao pôr-do-sol, num momento em que Valter sucumbe mais uma vez aos encantos da bela e igualmente maquiavélica Laura. Fora-da-lei desde os 15 anos para fugir a um pai violento, Laura utiliza a sua beleza para seduzir e aliviar as carteias das suas conquistas.

Aparentemente Valter não lhe interessaria, pois o salário de um soldado é miserável, mas a sua companhia irá escoltar o transporte do próximo carregamento de ouro e diamantes da Mina do Índio e Laura está convencida de que será capaz de convencer o pobre rapaz a ficar com um ou dois diamantes. Será?

A poção

 IMG_2468

Ao pôr-do-sol, decorre a preparação da poção que os novos guerreiros da tribo irão tomar, na cerimónia que marca a sua passagem de meninos a homens.

Manda a tradição que a mesma seja preparada por uma jovem rapariga, já mulher, mas virgem, e este ano a escolha recaiu sobre Araci, que quer dizer Estrela d'Alva. Araci nasceu precisamente quando Vénus despontou no céu e logo o feiticeiro da tribo o assumiu como um excelente presságio.

Os ingredientes da poção devem ser o mais frescos possíveis, por isso, Ibiajara, cujo nome significa Cavaleiro do Planalto, está encarregue de ir onde for preciso buscar cada produto que Araci lhe pedir.

Todos estão em silêncio, excepto Itaji, o feiticeiro da tribo, que supervisiona cada momento e vai murmurando os seu feitiços, rezas e cantinelas, para que a poção desempenhe o seu papel mais logo, quando a noite cair.