Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Mapa maldito

Dobrado e desdobrado, perdido e achado vezes sem conta e mil e um tormentos passados, o mapa do tesouro maldito faz jus ao seu nome. São poucos os traços agora reconhecíveis e muitas horas se passaram em que vários possuidores se debruçaram sobre ele, à luz da candeia, do sol ou da lua. Muitos já o tiveram nas mãos, mas poucos estiveram perto de encontrar o tão desejado tesouro.

 

Brigas entre amigos, lutas entre familiares e até a morte daqueles que ousaram ir mais longe, são os despojos do mapa maldito. Dele emana um cheiro a rum, a pêlo de macaco molhado e a sangue. E o cheiro cola-se às mãos daqueles que o tomam entre mãos, entranhando-se nas narinas, levando os seus possuidores a sonharem noites a fio com o som dos dobrões de ouro a tilintar nas suas mãos.

 

Dono de uma prodigiosa força de vontade Black Jack, estás prestes a tomar o peso do tesouro em sua mãos. Mas estará ele atento à serpente que guarda o tesouro, ou as forças faltar-lhe-ão e cegará perante o brilho dos dobrões e cairá também envenenado?