Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Aventuras subaquáticas

IMG_1618

São muitas as histórias e lendas que se contam desta baía. Desde sempre, porto de abrigo de piratas e local propício para escaramuças originadas por tesouros malditos. Nas suas águas descansam vários couraçados e muitas dezenas de almas.

Não admira portanto que este seja um local peferido de tantos e tantos megulhadores, curiosos amadores ou fervorosos historiadores, que procuram cada um à sua maneira descobrir um pouco mais dos mistérios afundados na baía.

Hoje o ceú confunde-se com o mar, misturados num cinzento carregado. O dia pouco convidativo não impede que se faça mais um mergulho. Conta-se que num dia como o de hoje, se afundou nestas águas um galeão que levava a bordo a filha do General Martin. Rosa seguia a caminho de um convento, mas ao peito levaria um medalhão com o rubi do tamanho de um punho fechado. Diz-se que lhe fora oferecido por Roger o pirata mais mal afamado daquele tempo e que estariam perdidos de amor. O General Martin mandara interná-la num convento, até que lhe passasse a paixão, desconhecendo o pequeno tesouro que ela levaria e que lhe recordaria cada dia o seu amor.

Após o naufrágio, conta-se que uma luz encarniçada seria visível, sempre que  Roger navegava naquelas águas.

Será que é hoje que a jóia é encontrada?2