Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

De partida

Jane nasceu, cresceu e viveu na pequena cidade do oeste, encostada às montanhas e aos planaltos dos índios. Terra de garimpeiros por excelência, povoada portanto, por gente que vai e vem, com muito poucos habitantes fixos. Frequentou os bancos da escola, onde os seus colegas eram sempre diferentes, conforme a sorte do garimpo dos seus pais. Uns partiam com algumas pepitas no bolso, outros partiam ainda mais pobres do que tinham chegado.

 

Hoje parte para a grande cidade, onde vai estudar para ser médica. A sua pequena cidade depende de um ou outro médico que chegue nalguma das raras diligências que por ali passam e nunca ficam muito tempo. As filas de doentes que se formam de imediato, roubam as forças ao mais intrépido profissional. E diga-se de passagem que aqueles que aqui chegam chegam muitas vezes com o conhecimento toldado pelos vícios do salloon, onde é mais frequente encontrá-los do que no consultório.

 

Depois de várias viagens à grande cidade, onde a sua primeira candidatuta foi alvo de chacota, Jane voltou várias vezes, insistindo sempre e dando provas de conhecimentos de medicina cada vez mais profundos, até que se tornou impossível não a admitirem na escola. Assim, Jane parte hoje, mas espera regressar dentro de pouco tempo, para instalar o seu consultório o mais afastado possível do salloon.