Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

O projecto

POr uns dias, o carpinteiro da corte deixou de lado as reparações do costume e dedicou-se a produzir um novo boneco de exercícios para os cavaleiros. A montanha de objectos e utensílios para reparar triplicou de tamanho nesses dias, mas este novo projecto foi de facto muito mais aliciante do que a rotineira tarefa de reparar bancos, mesas, cadeiras ou colheres de pau.

 

Havia algum tempo que os cavaleiros se queixavam que até com um sopro seriam capazes de desfazer o boneco que tinham. Preso por fios e com fracturas múltiplas, o pobre objecto tinha treinado os pais dos actuais cavaleiros, pelo que a sua reforma era de facto urgente. O rei, pouco preocupado com esses assuntos em tempos de paz, ainda não tinha acedido aos inúmeros pedidos dos cavaleiros. No entanto, certo dia, em que passeava pelo castelo com o seu herdeiro de tenra idade, desafiou-o a atacar o dito boneco. E o petiz, com a sua minúscula espada de pau em riste, desmantelou-o em menos de nada. Findo o passeio, o rei mandou chamar os seus cavaleiros para que lhe apresentassem o seu projecto.

 

E os cavaleiros esmeraram-se. Desenharam o que pretendiam, mas para concretizarem as suas ideias, precisavam da ajuda do carpinteiro real. O rei gostou da ideia apresentada e autorizou-os a servirem-se dos préstimos do carpinteiro. Os rabiscos, de pouco serviram ao artífice, que ainda passou 2 dias de volta do projecto, de modo a conseguir que o boneco se mantivesse em pé. E um mês depois, o projecto está concluído. Hoje é dia de o experimentar!