Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Uma surpresa

IMG_2232

Inesperadamente, a sombra do rei surge na entrada da sala da guarnição, que bebia animadamente um pouco de cidra, após terem terminado a sua jornada de trabalho.

Seria inútil e totalmente patético tentarem esconder o óbvio, por isso, resignados a que seriam certamente castigados, caíram de joelho por terra, de rosto fechado, saudando o seu monarca.

O rei entrou de mansinho e pediu com um gesto que se levantassem. Imediatamente atrás dele, entrou o seu criado pessoal, com a cadeira real, que colocou junto da mesa, após o que saiu rapidamente, fechando a porta atrás de si.

O rei dirigiu-se ao jarro da cidra e encheu generosamente um copo para si. Bebeu sofregamente os primeiros golos e estalou ruidosamente a língua em sinal de aprovação. O silêncio instalara-se, pois nenhum dos cavaleiros sabia muito bem o que fazer ou dizer, por isso mantiveram-se calados, de olhos postos no chão, aguardando o desfecho do momento. Sentando-se e recostando-se na sua cadeira, o rei finalmente dirigiu a palavra aos súbditos:

- Façam como se eu não estivesse aqui. Estou cansado das intrigas de minha esposa, das tristes figuras dos bobos da corte e de todos os nobres bajuladores que enchem a ninha corte! Preciso de genuidade. Encham novamente os vossos copos, sentem-se mais um pouco e façam de conta que não estou aqui. Só preciso de alguns minutos para ganhar forças!