Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Novo guerreiro | New warrior

IMG_9085

Esta noite, Suricata-Atento, será nomeado o mais recente guerreiro da tribo. Superou com sucesso todas as provas impostas aos rapazes que chegam aos 15 anos e logo à noite, colocará o seu escudo ao serviço da tribo, como guerreiro.

Veio por isso pedir a proteção dos espíritos ao feitiçeiro da tribo, última das premissas necessárias: se os espíritos estiverem dispostos a protegê-lo, Suricata-Atento poderá participar na cerimónia desta noite.

Awê, o feitiçeiro, dar-lhe-á a beber uma poderosa mistura de ervas, que o mergulhará no mundo dos espíritos, do qual se espera que traga uma mensagem. As suas primeiras palavras após sair do transe serão fundamentais para decidir se os espíritos estão com ele ou não.

Depois de engolir a mistura, Suricata-Atento caiu num sono profundo, mas muito agitado, do qual demorou a sair, causando alguma preocupação ao feiticeiro. Finalmente, após muito tempo em transe, e ao acordar sobressaltado, as primeiras palavras que disse foram: Awê, no meu sonho uma grande águia perseguia-me lá bem alto no céu, onde quer que eu fosse!"

E o feitiçeiro soube que Suricata-Atento tinha a protecção dos espíritos.

 

Tonight, Vigilant-Meerkat, will be nominated the most recent warrior of the tribe. He overcome every challenge imposed to all 15 year old boys, and later on, he will put his shiel on tribe's service, as a warrior.

He came to ask spirit prottection to Awê, the tribe's sourcerer. If the spirits are willing to protect Vigilant-Meerkat, he will be able to participate in the ceremony tonight.

Awê will give him a powerfull potion, that will immerse him in the spirit world, from where he should bring a message. His first words when waking up, will be vital to know whether the spirits are with him or not.

After swallowing the misture, Vigilant-Meerkat fallen into a very agitated deep sleep, from where he took very long to came out, causing some concern to the wizard. Finally, after a long time in trance, he woke up, grabbed sourcerer's hands and said: "Awê, in my dream, a great eagle followed me, quite high in the sky, wherever i went!"

And Awê knew that Vigilant-Meerkat had the spirits protection.

Passeio de Domingo | Sunday walk

IMG_9113

O primeiro dia de Primavera chegou e foi impossível manter as crianças em casa. O dia cheio de sol convidava a um passeio que os irmãos exigiam desde manhã. Trabalhos de casa postos em ordem e finalmente a mãe deu o aval para a saída. Dois enormes sorrisos prencheram a cara dos miúdos e lá foram eles saltitando rua abaixo, em direcção ao rio.

Junto à agua, tantas e tantas outras pessoas passeavam também, sorrindo a estes raios de sol ainda tímidos, mas a prometer muito e muito mais. Os miúdos pediram um balão e gelados, claro! O Ricardo dos Gelados sabe bem que a Eva gosta de morango, enquanto que o Diogo prefere caramelo. Ele sabe o quão importante é conhecer os fregueses!

 

The firs day of Spring has come and it was impossible to keep children in the house. The sunny day called for a walk that the kids had been demanding since morning. After school homework done, finally the mother called them to go out. Two big smiles lightened those small faces and there they went jumping around down the street, towards the river.

By the water, so many other people were strolling around too, smiling at those shy rays of sunshine promessing a very near Spring. The kids asked for a ballon and ice cream, of course. Ricardo, the ice cream man, knows that Eva likes strawberry and that Diogo preferes caramel. He knows how important is to learn about costumers taste!

Caminho de ferro | Railway

IMG_9104

Esventraram a pradaria com esse cavalo a vapor. Faz barulho, deita fumo e destrói rotas de passagem de animais. Este homem-branco não mede as consequências do que faz!

Não tarda nada, espalharão as suas casa infectas por aqui, e num instante se verá lixo espalhado por todo o lado onde passarem. Os animais deixam o rasto das suas pegadas, o homem-branco deixa o rasto da sua sujidade.

Alguns animais aprenderão a não vir para aqui, outros sucumberão à presença desse feitiçeiro mau. Como nós, índios: manteremos a distância até que nos seja possível, mas temo que também para nós haverá limites. Alguns de nós sobreviverão em territórios exíguos, pressionanados pela civilização de todos os lados, mas muitos cairão, sob a arma de fogo, o tabaco, a bebida, ou o dinheiro.

Tempos difícieis nos esperam a todos, sobretudo à Mãe Natureza!

 

This horse steam thing torned apart our prairie. It makes such a loud noise, it makes our air smelly and it destroys animal paths. This white man doesn't care about the consequences about he's actions!

In no time, their infected houses will be everywhere, and they will leave their garbage wherever they go. The animals leave behind their footprint trail, the white man leaves behind his dirtiness.

Some animals will learn not to came here, but many will succumb at this thing speed. Us, the indians, will maintain the distance as long as we can, but i fear that we will to succumb before this ruthless with power: some of us will leave in tiny territories, being urged to end, but many of us will fall under the white man traps: fire arms, smoke, drinks or even money.

Hard and challenging times, for us, but especially for Mother Nature!

A minha terra | My hometown

IMG_9139

Sabes Rui, nasci ali naquela casa, aquela com a chaminé mais alta. Nasci e cresci.

Corria descalça na rua e só calçava os sapatos para ir à missa e à escola. Naquele tempo, não sabíamos o que eram doces, a não ser no Verão, em que um amigo nosso vinha da Alemanha e trazia "borrachinhas", as gomas de que tu tanto gostas. Tirando isso, só havia umas broas bafientas e pouco gostosas, única coisa que conseguíamos comprar no café  do António, com as nossas escassas moedas. 

Carne havia pouca, por isso, todos aprendíamos a apanhar chocos, que sabíamos cozinhar de mil e uma maneiras. Andávamos sempre com os pés na água, ora a brincar com os caranguejos, a apanhar isco para vender aos pescadores de fim-de-semana, ou ao banho na rampa dos barcos. Passávamos os dias na rua e só regressávamos a casa, ao ouvir chamar por nós, já noite, com a humidade do rio embrenhada nos cabelos.

Cresci e como era boa aluna, fui estudar e trabalhar longe daqui. Suspirava todos os dias pelo vento que me descompunha a roupa, pelo cheiro da maré que se entranhava nos cabelos e pelo balanço dos barcos onde tantas vezes brinquei.

Rui, meu neto, esta é a nossa terra. Espero que sejas feliz aqui, tanto como eu fui!

 

You know, my grandson, i was born in that house, the one with the biggest chimney. Born and raised there.

I used to run everywhere barefoot. Shoes were only for the mass and school. In that time, we didn´t know what candys were, until the summer, when a friend of ours came from Germany bringing "rubbers", the gums that you love. Beside that, we only had some disgusting musty cookies, the only thing we could bought from António's coffe shop, with our few coins.

We had almost no meat, so we all learned to catch cuttlefish and we knew how to cook it in one thousand ways. We were always with our feet in the water: playing with the crabs, catching bait to sell to weekend fishers or bathing in the boat ramp. We spend all day in the street, only returning home when someone yelled our name, usually when the night already settled in.

I grew up and as i was a good student, i went study and work far away from here. I sighed every day for the wind that mess my clothes, for the smell of the tide that mixed up in my hair and for the balance of the boats where we used to play.

My grandon, this is my hometown, and yours. I hope you are so happy here, as i was!

Avó Quicas | Grandma Quicas

IMG_8952

A Avó Quicas tem cinco netos, e todos sem excepção ficaram ao seu cuidado dos seis aos doze meses, altura que foram por fim para a escolinha. Os últimos anos foram por isso um reboliço na vida da avó. Ela confessa que gosta de tomar o seu lanche em paz, mas que delira quando algum ou alguns dos netos lhe aparecem à porta a pedir o seu famoso chocolate quente com bolachas de manteiga.

Quando a azáfama era muita lá em casa, ela expulsava-os de casa, e manda-vos ir brincar para o parque, deixando-a a braços com uma cozinha inteira por arrumar, mas assim pelo menos, podia fazê-lo com um pouco mais de sossego.

Hoje os netos reuniram-se, para tirar uma fotogafia (só podia ser no parque), que lhe darão de presente com a seguinte dedicatória: "Para a avó mais fixe e a que faz o chocolate quente mais delicioso do universo!"

 

Grandma Quicas has five grandchildren and all, without exception stayed with her from six to twelve months, when they finnaly went to school. That´s why the last years were a rustle in grandma's life. She confesses that  she now enjoys very much take her afternoon snack quietly, but that the loves when one or even more of the kids come by, asking for her delicious hot chocolate with butter cookies.

When the children get to noisy or unseteled, she usually kicked them out to the street, to play outdoors, leaving her with a all kitchen to clean, but at least that way, she could do it more quietly.

Today the kids got together to take a picture that will be their present for grandma, with the following dedication: "To the coolest grandmother that makes the most delicious hot chocolate in the universe!"

Inquietude | Restlessness

IMG_8935

Se içamos velas e aproveitamos o vento somos loucos, inconformados. Inquietos, que devaneiam em busca de uma quimera ou da perfeição. 

Se nos refugiamos em porto de abrigo, seguro e protegido, somos cobardes, pouco corajosos, conformados, inacapazes de lutar pelo que somos ou queremos.

Deixemo-nos ir, seguindo ventos e marés do nosso coração e da nossa vontade. Importa encontrar o rumo da nossa felicidade e encontrar aquele balanço que nos alenta o dia-a-dia e que nos faz sorrir e disfrutar do nosso mundo, alheios a opiniões ou convenções.

 

If we set sail in the wind we are insane, nonconformist. Unsetlled that daydream insearch of a chimera or perfection.

If we stay in a safe harbour, safe and protected, we are coward, without corage, conformed, unable to fight for what we want and what we are.

Let´s go, following the wind and the tide of our heart and will. We must find the course of our hapiness and find that balance that encourages our daily life and that makes us smile and enjoy our worl carless about opinions and conventions.

A herdeira #4 | The heiress #4

20190106_193143

20190106_193728

20190106_194244

20190106_200125

Costumo brincar com a minha filha, mas aos índios e aos cowboys nem por isso. O ano passado mascarou-se de índio e senti necessidade de a levar à biblioteca para saber mais sobre o  tema, mas fora isso, não me lembro de abordar essa temática.

Qual não foi o meu espanto quando a vejo começar a brincar com o posto do xerife que adquiri recentemente! Primeiro explorou a casa e depois, sem rodeios, pediu-me os cowboys e os cavalos para brincar.

Fiquei deliciada a vê-la brincar com aquilo tudo. Ouvi-la começar a criar uma história e a forma como punha os bonecos a interagir com o cenário deixaram-me curiosa e deixei a coisa fluir, mesmo durante o jantar.

Valorizo muito a criatividade e a imaginação das crianças e foi delicioso vê-la trilhar esse caminho de faz de conta, que sem darmos conta nos dá bagagem, balanço e força para enfrentar as aventuras do dia-a-dia.

 

I usually play with my daughter, but the indians and cowboys were never a subject. Last year, her costume was an indian, and i felt the need to take her to the library so she could know more about the subject, but apart from that episode, i don't remeber playing comboys with her.

I recently bought the sheriff's office, and for my surprise she started to play with it. First she explored the house and in no time she was asking for some cowboys and horses to play along!

I was delighted to see her play. She started to create a story, and the way she put the clikies interacting with the scenary let me curious and i let it flow, even at dinner time.

I aprecciate very much children criativity and immagination and it was delightful to see my daughter developing those tools. I believe they help and guide us trought our tought daily life.

Caixa azul #12: 7378 Posto do Xerife | Blue box #12: 7378 Sheriff's office

20190106_121201

Preço/Conteúdo: Comprei com 30% de desconto no site da playmobil. Achei que foi uma excelente aquisição.

Originalidade: Não houve nada que me chamasse a atenção em particular. É um set que já vem de há muito tempo, com poucas novidades. Ainda assim, gostei bastante.

Adequação do conteúdo: Gostaria que incluísse mais algum acessório: uma secretária, uma cadeira, uma prateleira, uma estante para armas,... que completariam melhor o cenário.

Qualidade dos componentes: Tudo bem, nada a apontar.

Expectativa/Realidade: Adorei montar cada peça. Há muito que queria ter mais cenário para o tema western, por isso fiquei muito contente. No entanto, como já referi, não fazia mal ter mais um ou outro acessório.

 

Price/Content: I bought it with 30% discount on playmobil site. I thihk it was a good bargain.

Novelty: Nothing caught my eye in a special way. It's an old set, with some minor changes. Even so, i liked it a lot.

Content adequacy: I woul love that it was included some more accessories, like a chair and a table, a shelf or a gun rake for instance. That would make the set even more adequate.

Component quality: Nothing to point out. All good.

Expectation/Reality: I loved to assemble each part. Wanted to have some more western scenary a long time ago, so i was very pleased. However, as i told before, i wouldn't hurt to have some more acessories.

A fuga | The escape #5

IMG_8278

Capítulos anteriores: Procurados|Wanted #1, O esconderijo dos bandidos|Crook's hideout #2, A perseguição|The persuit #3, Presos|Busted #4

O xerife ainda não sabe, mas esta madrugada, Eldorado John, que andava ainda fugido da justiça, orquestrou um plano e resgatou os seus companheiros da prisão. Quando chegar, o xerife vai encontrar a parede da prisão destruída por explosivos e a cela vazia.

Os bandidos fugiram a cavalo e a esta hora já estarão bem longe da cidade. Se forem espertos nunca mais voltarão, pois arriscam-se a ser enforcados de imediato. 

 

Previously: Procurados|Wanted #1, O esconderijo dos bandidos|Crook's hideout #2, A perseguição|The persuit #3, Presos|Busted #4

The sheriff doesn't know yet, but early this morning, Eldorado John, who was still on the run, came out with a plan and saved his compagnions from prison. At his arrival, the sheriff will find the prison wall destroyed by explosives, and an empty cell.

The crooks escaped on horses and by now they should be far away. If they are smart, they will never return to the city, cause they risk to be hanged right away.