Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Um salvamento simples | Simple rescue

 

IMG_5846

IMG_5845

Os dias na vida de um bombeiro são sempre uma incógnita. Há sempre gente a meter-se em sarilhos e logo em seguida, a precisar de ajuda.

Desta vez, o José e o Carlos foram chamados ao final da manhã, socorrer um grupo de biólogos que faziam uma caminhada e ao procurarem chegar mais perto de uma espécie de planta rara, acabaram no fundo de uma ravina sem forma de conseguirem voltar a subir.

O resgate acabou por ser bastante simples e num instante os dez participantes estavam sãos e salvos. A útima pessoa a ser resgatada foi a Clara, a líder do grupo e organizadora do passeio. Morena, de olhos verdes, a rapariga chegou junto dos bombeiros aborrecidíssima com a sua falta de lucidez ao ter permitido que o grupo arrisca-se mais e mais. Tinha as faces rosadas o que lhe realçava a cor dos olhos e enquanto explicava aos seus salvadores como tudo se passara, não parava de arregaçar as mangas, para logo a seguir voltar a puxá-las para baixo. Estava mesmo nervosa a rapariga!

O José  e o Carlos entreolharam-se, habituados a estas situações e sorriram. Tendo em conta que todos estavam bem e que o resgate fora simples, também eles próprios respiraram fundo e num instante estavam os três a rir e a brincar com a situação.

 

 

A days work in a fireman life, is always incertain. There's always someone getting in some kind of trouble, that end's up needing somekind of help.

Today, by the end of the morning, José and Carlos got a call to rescue a group of biologists that were having a walk and to reach a special and rare specimen of a plant, somehow manage to find themselfes in the bottom of a gulch, without being able to get back up again.

The rescue became a very simple one and in no time the ten participants were safe and sound. The last person to be rescued, was Clara, the lider of the group. Brunette, with big green eyes, the girl reached the fireman very upset with her lack of sense, in allowing the group risked so much. Her cheeks were pink witch heighlighted the green of her eyes, and, while telling the firemen how it all happened she kept rolling up her sleeves and putting them back down once again.The girl was really nervous!

José and Carlos took a glimpse at one another, and smiled. They were used to these nonsense situations. Despite the simple rescue, they also took a deep breath, relieved and in no time the three of them were laughing with the all situation. 

A caçada | The hunt

IMG_6190

Há vários dias que o grande urso pardo se aproxima cada vez mais do acampamento. Deve estar com fome, para arriscar aproximar-se tanto assim. Mas a verdade é a situação começa a ficar preocupante e já há quem receie o que possa acontecer das próximas vezes que o urso se aproximar ainda mais.

A situação é tão séria, que foi convocado o conselho de tribo. Junto ao totem da tribo, a fogueira foi acesa pelo feiticeiro, que lhe juntou algumas ervas que aromatizam o ar e convidam à paz e serenidade. Depois de duas horas de conselho, a decisão foi tomada: o urso seria morto.

Os índios não matam de qualquer maneira um animal, muito menos um urso. Mas este urso que ronda o seu acampamento deve ser já muito velho ou estar muito doente, para não se conseguir alimentar e precisar de se aproximar dos homens.

Kayke e Aukanaii, os mais valentes caçadores da tribo foram escolhidos para a caçada e partiram cedo esta manhã. A tribo espera-os, para que no seu regresso o urso seja consagrado aos grandes espíritos junto ao totem. A pele do urso servirá para agasalhos novos. Se não estiver doente, a sua carne será alimento e os seus ossos serão transformados em utensílios, ferramentas e brinquedos para as crianças. Os índios acreditam que desta forma o espírito do urso será honrado.

Boa caça Kayke e Aukanaii!

 

 

It's been a few days since a big grey bear is getting closer to the camp. The animal must be starving as it continues do get closer and closer.The indians are worried and afraid of what the bear might do if and when it enters the camp.

The situation is serious enought to summon up the tribe council. By the totem pole the sorcerer lightened the fire and added some herbs that invite do peace and serenity and keep a nice warm smell in the air. After two long hours, the council reached a decision: the bear had to be killed.

Indians don't kill an animal for no reason. Not even a bear. But this bear must be very old or very sick for not be able to feed itself anymore and need to came closer to the camp to find out some food.

Kayke e Aukanaii, the bravest hunters of the tribe were chosen to the task and left camp early in the morning. The tribe waits their return to devote the bear to the spirits by the pole. Bear's skin will be turned in to clothing. It's meat will feed the tribe and it's bones will be pocessed to became tools and toys for the children.

Good hunt Kayke e Aukanaii!

Finalmente neve | Snow at last

IMG_6185

Finalmente nevou na serra!

A avó Matilde mora mesmo no sopé da serra e adora receber os netos e os amigos que normalmente nesta época do ano lhe invadem a casa por uns dias, para as habituais brincadeiras na neve.

Todos os anos as crianças esperam ansiosamente o telefonema da avó, a avisar da chegada da neve. E finalmente amanhã é dia de se porem a caminho. Ao final da tarde já devem estar com os pés na neve.

A avó recebe todos de braços abertos. A casa cheira a bolo acabado de fazer e a outros mimos de avó: lareira acesa, marmelada e chocolate quente.

Os miúdos não perdem um minuto e num instante saem a correr, arrastando consigo trenós, esquis e snowboards que a avó entretanto já fora buscar ao sotão, preparando o material para a chegada da garotada.

Em menos de nada, há fortes, castelos, igloos e bonecos de neve espalhados por todos o lado. Há obstáculos cada vez mais difíceis de transpor, mas o melhor de tudo, há risos que enchem a serra toda.

 

Finally snowed up in hills!

Grandma Matilde lives on the bottom of the hills and love to welcome in her home her grandchildren and their friends that invade her house for a few days in this time of the year for the tradicional playing in the snow.

Every year, the children await grandmas call to tell them that snow had fallen. Finally the phonecall came, and by tomorrow afternoon they should be with their feet buried in the snow.

Grandma welcomes every one with arms wide open. The smell of warm cake is filling the house as well as other grandmother cuddles: a warm fire place, quince jam and hot chocolate.

The kids don't want to wast time and in one second are ready and leaving the house running to the snow, taking with them sleigth, skis and snowboards that grandma rescued from the attic, preparing the arrival of the children.

In no time, the hills are covered with castles, igloos, forts and snowman every where. But most of all the hills are covered by the children laughter.

Só azar | Nothing but bad luck

IMG_5815.JPG

Hoje foi um daqueles dias de muito azar, em que nada corre bem!

Tudo começou logo de manhã: o gás acabou estava a Marta no duche. Foi necessário sair da banheira e ir trocar a garrafa. Depois, enquanto atendia um telefonema da melhor amiga, que lhe contava algumas desventuras da sua vida, deixou queimar as torradas para o pequeno-almoço, de modo que, sem tempo para mais, saiu esfomeada.

A manhã no trabalho, não tendo corrido mal, foi exaustiva e à hora do almoço a Marta estava de mau humor, continuava esfomeada e já só queria ir para casa, pelo que estava desesperada para sair dali.

Ao final do dia, conseguiu finalmente suspirar de alívio e sorrir enquanto caminhava pelo passeio a caminho de casa. Só que ao atravessar a passadeira, aconteceu o inexplicável: aparentemente para se desviar de um cão, o condutor que um carro que passava, acabou por atingir a Marta, que por essa altura estava mais ou menos no meio da passadeira.

Dizem-lhe os socorristas que em princípio não tem nada partido, mas que como a pancada e a queda consequente foram feias, é melhor confirmar.

E o dia acabou como começou: sem sorte e ao telefone com a sua melhor amiga. Só que desta vez foi a Marta a contar as desventuras do seu dia.

 

 

It was one of that days that nothing goes right.

It all began early in the morning: gas run out when Marta was in the shower. She had to leave the bathtub and put it on again. Then, while she was answering her best friend´s call that was complaining hard about her life, she burned her french toasts for the breakfast, so, with no time to make some more, she left for work starving.

The morning in work was exausting and by the lunch time Marta was crumpy, still starving and just wanted to leave to get back home.

By the end of the day, the girl manage to take a breath and smile on her way home. Suddently, by triyng to get away of a dog, a driver hit Marta, that was crossing the street in the cross walk.

The paramedic say that she might not have anything broken, but just in case, they will carry her to the hospital, to make shure of that because the hit and the fall were a bit uggly.

So, the day ended like it started: with no luck and at the phone with her best friend. This time was Marta complainnig about her life to her girlfriend.

 

Caravana | Caravan

IMG_5510

Eis que a caravana chega ao mercado da cidade!

Foram vários dias a percorrer as aldeias mais distantes do deserto, em busca das mais belas cerâmicas, dos chás mais saborosos ou das tapeçarias mais requintadas. Foram inúmeros os dias em que acamparam mal o sol ameaçava partir, longe de tudo e de todos, suportando o frio da noite no aconchego da fogueira e ao som do alaúde.

A caravana traz consigo o cheiro a animais, a suor e a fumo. Traz a pele tisnada pelo sol e a garganta sedenta de uma bebida fresca. Traz cabelos encrespados, misturados com vento e areia, mas traz também sorrisos imensos que mostram a felicidade da liberdade que só sente quem pode percorrer mundos fantásticos, sem amarras.

Amanhã será dia de expor os artigos que trouxeram e regatear afincadamente cada item. Mas por agora, é preciso descansar, não sem antes tratar dos animais, que tão valentemente resistiram a cada dia. E depois sim, tomar um banho, comer uma refeição de carne fresca, beber até matar a sede e dormir pela primeira vez em muitos dias, numa cama fofa.

 

There it is: the caravan just arrived to the market town!

It took countless days to cover the most distant villages of the desert, in search of the most beautifull pottery, the tastiest tee, or the most exquisite tapestry. There were countless days in witch they camped in the meedle of nowhere, as soon as the sun started to go down, bearing the cold of the night with a nice warm fire, listening lute player.

The caravan brings with it the smell of animals, sweat and smoke. It brings some tarnished skin from the sun and thirsty mouths longing for a cold drink. It brings roughened hair by wind and sand, but it also brings big smiles that shown the happiness of freedom only felt by those that may scroll fantastic worlds, without being tied to anything.

Tomorrow they will exhibit their relic and doggedly bargain for each one. But for now, they must rest, not before taking care of the animals that bravelly resisted and endured each day. Finally, after that, it's time to take a long shower, eat a fresh meat meal, drink until all the thirst became a bad memorie and sleep in a soft confy bed, in a long long time.

Making of #2

Aproveitei um domigo frio e meio encoberto para tirar estas fotos. Não esperava muito delas: a luz não era grande coisa e o dia pedia sofá, uma manta pelas pernas e um livro no regaço. Mas lá fui. E assim que começei a tirar fotos pensei que deveria ter levado mais uns quantos playmobil comigo, para tirar mais fotos.

Realmente #hapinessisabluebox!

 

Took these photos in a cold cloudy sunday. Didn't expected much of them as the light was poor and the cold day asked for a cosy sofa and a book to read, not to go outside playing playmobil. Despite the bad conditions i grabbed some clicks and as soon as i started, i thought that i should've brought some more playmos.

Really #hapinessisabluebox!

20180121_141659

Podem conhecer o que se passa no Pony Ranch, aqui.

Know all about Pony Ranch here.

20180121_142459

Aqui estão uns verdadeiros heróis!

Some heros here!

20180121_141115

André o rapaz destemido do acidente: aqui.

André, some fearce boy: here.

Visita de estudo #7 | Field trip #7

IMG_5803

A garotada escolheu que este ano se mascarariam de koalas. O professor preparou-lhes uma surpresa: a turma iria ao Parque dos Koalas, para conhecerem melhor estes animais.

Os miúdos ficaram entusiasmados e todos os dias perguntavam:

- É hoje que vamos ver os koalas, professor?

Finalmente o dia chegou, e foi numa animação que partiram para um dia diferente.

O momento alto do dia, foi quando um dos tratadores lhes trouxe mesmo para o pé deles, um koala e eles puderam observá-lo a comer lentamente folhas de eucalipto, que são praticamente o seu único alimento.

A turma ficou espantadíssima ao saber que os koalas não bebem água, pois retiram das folhas de eucalipto toda a hidratação de que necessitam.

No final do dia, regressaram à escola, cheios de ideias para enriquecerem as suas máscaras. O Carnaval vai ser fantástico!

A nova vida da Pintarolas | Spots new life

IMG_5862

De crina escovada e lustrosa, a Misty segue atrás da sua grande amiga Pintarolas. São ambas residentes do Pony Ranch, o centro hípico mais movimentado da região e as suas boxes são mesmo ao lado uma da outra.

A Pintarolas foi um cavalo de saltos, mas após uma queda muito feia, uma das sua patas ficou irremediavelmente afectada e agora dificilmente voltará a saltar. Após uns tempos difíceis, a Sara, a sua dona resignou-se com o fim da sua carreira de saltadora e agora aproveitam imenso as duas, fazendo grandes passeios. A Pintarolas continua a ser muito forte e a gostar de novos desafios e estes passeios parecem ter sido feitos à sua medida.

A Misty pertence à doce Joana. Tem um carácter dócil, mas é forte e robusta. Nos corredores do Pony Ranch conta-se vezes sem fim um episódio que envolveu as duas éguas: após a sua queda e ao chegar ao Pony Ranch, a Pintarolas mal se tinha na pata e com medo e dores, não deixava que ninguém se aproximasse para a ajudar a entrar na sua box. Nesse momento, chegava a Misty de um passeio e aproveitando uma distracção da dona, colocou-se ao lado da Pintarolas, amparando-a, ajudando-a a entrar. Todos os que assistiam, mal acreditaram e a história já quase virou lenda.

 

 

With brushed glossy horsehair, Misty follows her great friend Pintarolas. They both live at the Pony Ranch, the most busy equestrian center around and their stables are side by side.

Pintarolas was a jumping horse, but after a pretty ugly fall, one of her legs was seriously damage and problably she will never jump again. After a hard time overcoming these fact, Sara, Pintarolas's owner resigned with the end of their jumping career and now they are enjoying themselfs by taking long walks as Pintarolas is still a strong horse that likes challenges. These long walks seems feeted for them.

Misty belongs to sweet Joana. She is calm, but strong and robust. In Pony Ranch's the story of Misty and Pintarolas is told countless times. After falling, and when arriving to Pany Ranch, Pintaloras was barely able to stood in her feet as she was frightened and in pain, and she didn't let anyone touch her to help her get into her stable. In that time, Misty arrived and stood up by Pintarola's side, protecting her not to fall, and helping her into the stable.

Those who saw this happening barely believed it, and this story is becoming a legend.

Época de incêndios | Fire season

IMG_5839

É um trabalho aborrecido este da prevenção. Mas na verdade, é dos mais necessários.

O Rui e o Marco começam o dia bem cedo e percorrem detalhadamente a zona do mapa que lhes foi distribuída e decidem onde fazer os asseiros de acesso, onde e qual a vegetação que deve ser cortada, definem faixas corta-fogo e de contenção. Falam com a população, esclarecendo quais as épocas indicadas para fazer as queimadas, dando conselhos e informando, como manter limpos os seus terrenos.

Nos dias em que têm as equipas de desmatação com eles, dirigem os trabalhos, definindo prioridades de intervenção e aproveitam para fazer algum trabalho de cadastro.

É um trabalho longo que parece não ter fim, mas a verdade, é que, a pouco e pouco, a floresta vai ficando limpa, organizada e protegida contra um inimigo traiçoeiro: o fogo.

 

Prevention can be a very boring task, but actually it is most needed and it's importance is uncoutable, specially when the fire season is close.

Marco and Rui start early their job. They carefully scroll the map area asigned to them and decide where the vegetation needs to be cut, they establish where should be the firebreaks. They also talk to people, clarifiyng when it's the right time to make backyard burnings, giving advices and sensitize population to the importance of maintaining their lands clean of vegetation.

Some days, they have with them the clearence teams. In these days, the guys manage field work, by establishing intervention prioritys, and while these jobs goes, they seize the time to do some forest registration.

It´s a job that seems endless, but the truth is that, step by step, the forest is becaming cleaner, much more organized and safer from it's worst and treacherous enemy: fire.