Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Cavaleiros do bosque | Knights of the wood

IMG_7689

No local mais profundo deste bosque sombrio, vive um bruxo maldito, aqui exilado pelo rei. Chamam-lhe o Bispo, pois foi durante largos anos, um dos conselheiros do rei, até este perceber que estava a ser manipulado pelo bruxo, e, pouco e pouco transformado num fantoche mau e cruel nas mãos do bruxo.

Felizmente, a magia do amor que o invadiu ao ver o seu filho recém-nascido, foi mais forte que as trevas que tinham tomado conta do seu coração, fruto dos enredos orquestrados pelo bruxo.

O rei condenou-o então, a viver só para sempre, de modo a não poder fazer mais nenhum mal a ninguém.

Estes valentes cavaleiros, guardam o bosque e o bruxo, zelando para que o bruxo daqui não saia para espalhar a sua maldade outra vez. 

 

In the deepest of this wood, lives a terrible sorcerer, exiled here, by the king. They call him Bishop, as he once was on of the kings counselors, and for a long time he was, until the king aknowledge that he was being manipulated and step by step turning into an evil puppet in the hands of the sorcerer. 

Luckly, the magic of love that filled him when he first saw his newborn son, was much stronger than the dark shadow that was taking his heart. 

So, the king convicted the Bishop and these strong knights guard the wood and the sourcerer, making shure that he goes anywhere and do no arm to anyone.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub