Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Garimpar a dobrar

IMG_2797

Nohell e Niall são gémeos e garimpeiros de 3ª geração! Sim, é verdade há já 3 gerações que a família gera gémeos garimpeiros. É uma paixão por uma vida inigualável, que parece ser genética.

Os gémeos passam a maior parte do ano deambulando entre a pradaria e as montanhas. Não receiam o frio ou a chuva e gabam-se se ser capazes de fazer fogo debaixo do maior temporal. Por norma bastam-se a si próprios e apenas recorrem à cidade no Natal.

Nessa altura são clientes assíduos do sallooon. Enchem a barriga de cerveja e dormem nos braços de uma mulher diferente todas as noites. Renovam guarda-roupa se necessário, cortam cabelos e aparam as barbas que cresceram rebeldes o resto do ano e adquirem alguns utensílios e ferramentas para o garimpo.

É nesta altura que vendem o produto do seu trabalho. Dirigem-se ao banco e é certo e sabido que a diligência com o cofre chega no dia seguinte para seguir recheada para a grande cidade. Sabem ser cordiais com todos. A sua fama junto das mulheres é lendária, mas tornam-se irrascíveis quando se trata do seu garimpo. Por isso nunca foram assaltados. Os poucos que tentaram, desapareceram misteriosamente e aos poucos a sua reputação tornou-se suficiente para desencorajar os tolos mais afoitos.

Terminando essa época, regressam à sua vida solitária que amam acima de tudo: mergulhar os pés descalços no rio até a pele engelhar, adormecer ao som da tagarelice das corujas, conhecer como a palma das mãos o movimento do sol, a ponto de saber com rigor as horas e sorrir profundamente quando os ursos da floresta já os conhecem tão bem que passam pelo acampamento deles sem medo.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D