Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Menina Shelly | MissShelly

20191229_165245

É a primeira vez que a menina Shelly põe o pé num banco. Até aqui sempre se disse dona e senhora do seu dinheiro e que nunca o iria colocar na mão de estranhos, sem conseguir perceber muito bem o que lhe iam fazer. Sempre guardou o seu dinheiro no mesmo esconderijo, desde que garota, saiu da casa dos pais e iniciou o seu negócio de costura.

Entretanto a cidade cresceu e também o seu negócio, assim como as suas poupanças. São já muitos os estranhos que chegam à cidade, ou os que por aqui passam em busca de fortuna, e a menina Shelly sente que é tempo de salvaguar as poupanças. Sem elas seria incapaz de investir em novos tecidos e naquela máquina de que todos falam e que dizem que é capaz de costurar sozinha.

O senhor Henry explicou várias vezes o que iria acontecer ao seu dinheiro, e respondeu a um vasto inquérito de dúvidas que a menina Shelly trazia estudadas. Prometeu-lhe que iria aumentar um pouco aquele capital e que seria mais fácil para ela comprar a tão desejada máquina de costura. Por fim, ela respirou fundo e depositou nas suas mãos as suas poupanças.

 

It's the first time ever that miss Shelly sets foot in a bank. She always was shure of herself about her money, and used to say that never she would put it in the hands of strangers. She always kept her savings in the same hideout since she left her parents house, to start her own sewing business. 

Meanwhile, the city got bigger and so her business and her savings. There are a lot of strangers that arrive to the city, or that just pass by, in order to found fortune, and miss Shelly feels that it's time to find her savings a safer place. Without it she wouldn't be able to invest in her business, and she is saving to buy a machine that sews on it's own.

Mr. Henry, the banker explained her several times, what will be happening to her money, answered to a infinite set of questions that miss Shelly insisted and he promissed her that he would increase her money making it easier for her to buy that so wanted manchine. At last, miss Shelly took a deep breath at placed her savings into mr. Henry's hands.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D