Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

PLAYMOBLOG

Estas pequenas figuras foram os heróis da minha infância. Os clicks valeram-me horas de brincadeiras partilhadas com os amigos lá da rua. Estiveram vários anos encaixotados. Hoje são um legado para a minha filha.

Princesa e cavaleiro | The princess and the knight

IMG_6230.JPG

Uma sombra persegue Lady Amy pelos corredores do castelo. Onde quer que vá, ele lá está, antecipando cada movimento dela. Para lhe abrir uma porta, para lhe segurar o cavalo para que monte, para lhe ir buscar algo de que se esqueceu, para cobrir os seus ombros com a sua capa, quando ela não está bem agasalhada, Sir Will encontra sempre forma de estar perto dela.

Sem lhe querer dar muitas esperanças, Lady Amy não deixa de sorrir perante a simplicidade e enlevo do cavaleiro. A sua mão está destinada a Dom Martim e todos sabem disso. Mas enquanto o noivado não acontece e o casamento se consume, Sir Will aproveita cada oportunidade para estar perto da sua amada.

Nos dias em que ele não está de serviço no castelo, arranja forma de se fazer perto. Ora envia um pombo correio que lhe deixa uma flor na janela, ora deixa na sua capa uma pedra em forma de coração, ou arranja forma de colocar entre as folhas da sua bíblia pessoal uma folha dua sua árvore preferida. Ao encontrar estes pequenos nadas, o coração de LAdy Amy enche-se de um todo, a que só pode chamar Amor.

 

 

A shadow persues Lady Amy's footsteps along the castle allways. Wherever she goes, he is there, anticipating each of her moves. To open a door for her, to hand her horse still while she can step up on her horse, to go find anything that she forgot, to put his cape around her arms when it's cold, Sir Will always finds a way to be there, by her side.

Lady Amy don't want to give him any kind of hope, but she smiles before such simple deditation and delight. Her hand is destined to Lord Martim and everyone knows that. But while that engagment isn't effective, Sir Will takes each opputinity to be around his beloved.

In the days that is not in service at the castle, he always find a way to be close to her. He sends a carrier pidgeon to leave a flower in her balcony, he lefts in one of her cape's pockets a stone in the shape of a heart, or manage to put a leaf of her favourite tree between the pages of her personal bible in castle's chapel.

By finding these little nothings, Lady Amy's heart fills with a whole, that can only be called love.